Relato de viagem – Parques – Animal Kingdom com um bebê!

Relato de viagem – Parques – Animal Kingdom!

Pessoal, vou relatar uma a uma as experiências nos parques de Orlando que fui nesta última viagem, sempre com a informação de como é ir nesses parques com bebês e crianças.

Animal Kingdom

O primeiro parque do Miguel!

Pergunta se os pais estavam emocionados? Lógico! Levar nosso filho aos parques da Disney foi mágico!

Mas antes de relatar como foi dentro do parque, vamos aos preparativos!

Pra começar, alugamos um bom carrinho de bebê, bem confortável e que tivesse cesto embaixo para podermos guardar objetos (alugamos um Cosco e nos atendeu perfeitamente!). Dica: Fizemos um pequeno cartaz (com o nome dele e o desenho do Buzz e do Woody) para identificar nosso carrinho, pois na maioria das atrações eles devem ficar no “stroller parking” e na saída da atração, acreditem, vocês vão ver 100 carrinhos iguais ao seu! E na maioria das vezes ele não estará estacionado aonde vc o deixou, os Cast Members sempre vão “arrumando” pra caber mais carrinhos.

Depois nos organizamos quanto a alimentação do Miguel nos parques, levamos papinhas e biscoitos (da Gerber) e uma mamadeira como S.O.S, suco e água.

Papinhas, suco e iogurte comprados no Walmart

No Animal Kingdom, o “Baby Care Center” é completíssimo (vários trocadores, berços, cadeiras de amamentação, micro-ondas, aparelhos para aquecer mamadeiras, água quente e fria, bebedouros, lenço umedecido e uma lojinha com fraldas, babadores, pomadas, comidas, etc). Ah, e além do “Baby Care Center”, TODOS os banheiros são equipados com pelo menos 1 trocador.

Baby Care Center

Baby Care Center

Baby Care Center

Levamos também 2 mudas de roupa na mochila e um casaco (mesmo com o calor que fazia, pois nunca se sabe quando o tempo vai virar) protetor solar e um boné.

E lá vamos nós para o AK!

Estacionamos (não esqueçam da foto da placa da área do estacionamento) e ficamos esperando o Parking Lot Traim (aquele trenzinho que nos leva até a entrada do parque) e aqui vai uma dica pra quem vai com carrinho de bebê: Procurem ficar na primeira fila dos trenzinhos, pois são as que mais possuem espaço e dá pra colocar o carrinho fechado ali. Nos outros assentos do trem fica bemmm apertado.

Entrando no parque, aquela fiscalização já conhecida, e tome tempo até olharem tudo (mochila, carrinho, etc).

Já entramos e corremos pra Pandora, “vambora porque vai estar vazio!” Engano, nem 5 minutos de parque aberto e a fila do Flight os passage já era de 160 minutos! A do Na´vi, cerca de 100 minutos. Já havia relatado aqui no site e no nosso grupo no FB ano passado a área de Pandora quando fui convidado para ir na inauguração, depois procurem o post na lupa do grupo e aqui no site. Na área de Pandora, o Miguel curtiu bastante o Pandora Utility Suit e a área dos percussionistas de Pandora.

Pandora Utility Suit

Saindo de Pandora, vinha o primeiro desafio: Como o Miguel reagiria com os personagens? E o primeiro da lista foi o Timão. Naquele momento estava tudo em jogo! Pois como o Miguel é bem pequeno e não pode aproveitar a maioria das atrações, a diversão dele era correr pelo parque, aproveitar as poucas atrações indicadas para ele e aproveitar os personagens. Na nossa vez de interagir com o Timão, colocamos o Miguel no chão e deixamos ele agir da maneira que ele quisesse, e pra alívio, ele correu pros braços do Timão! Foi super tranquilo, não estranhou, ria o tempo todo, deu tchau, queria puxar o rabo do personagem e nós e os fotógrafos do PhotoPass ficamos doidos clicando tudo. Daí em diante a tática era a mesma pra todos os personagens e ele ficou de boa com todos!

Conseguimos interagir com esses personagens: Timão, Russel e Dug, Donald, Pateta, Mickey, Minnie, Tico e Teco e Margarida. E todos foram muito receptivos com o Miguel, certeza absoluta que recebem treinamento nesse sentido para abordarem crianças bem pequenas, etc.

E nos shows, como ele ficou? A primeira experiência foi no “The Festival of the Lion King” e foi sensacional! Com todas aquelas luzes, músicas, cores e interação no palco ele prestou bastante atenção, bateu palma, dançou e no final… dormiu!

The Festival of The Lion King

E as atrações? Bom, nas pouquíssimas opções em que ele poderia aproveitar no AK, fomos em todas. E ele se comportou bem. Amou o TriceraTop Spin (que fica na Dinoland USA), e levamos ele 3 x (sim, fila praticamente zero!), e também aproveitou bastante a área do The Boneyard (também em Dinoland USA).

Ele curtiu muito o Kiimanjaro Safaris, e demos sorte por ver vários animais pelo caminho do safari.

Kiimanjaro Safaris

Essas são as atrações que as crianças pequenas podem aproveitar no AK: The Boneyard, Dino Sue, Discovery Island Trails, Fossil Fun Games, Kilimanjaro Safaris, Maharajah Jungle Trek, Triceratop Spin (no site da Disney é possível ver a indicação de altura para todas as atrações).

Nas outras atrações, e enquanto ele estava dormindo, eu e minha esposa revezávamos para aproveitar.

A todo momento sempre reforçávamos o protetor solar e oferecíamos água ao Miguel, pois pegamos um calorão nesse dia!

E pra comer? Bom, nós comemos no Pizzafari, ainda não tinha provado e gostamos. Comemos uma chicken caesar salad + flatbread shrimp + bebida, gastamos $29,26 com as taxas incluídas. Miguel curtiu a papinha dele, suco e “roubou” uns pedacinhos do flatbread shrimp. Sempre bom lembrar que nos parques água e gelo são 0800, free, na faixa, de graça! Claro que também levamos uns biscoitos pra gente, pq viver só de restaurantes de parques leva a falência!

FlatBread Shrimp

Dica pra quem quer o pote de pipoca do Pluto (especial de natal), compramos no AK, sem fila, não precisa ficar desesperado achando que só vende no MK. Como foi o primeiro parque, compramos logo lá e depois só fomos abastecendo. Custou $15,50 já com taxas e o refil custa $2,00. Vc pode levar para todos os parques da Disney, pois é válido para refil! O problema depois é trazer pro Brasil, um trambolho! rsrsrsrs

Caindo a noite, era hora de esperar o Rivers of Light, que já tinha visto ano passado, e é lindo e emocionante, Miguel curtiu bastante o show! Claro que a essa hora a coluna já tinha se desligado de nossos corpos..rsrsrsrsrs. Ah, e mais uma dica: Levem um remédio (indicado por seu médico!) relaxante muscular, vai ajudar bastante! Tomávamos antes de dormir e no dia seguinte estávamos quase novos.

Magical Moment! Nunca tinha presenciado e muito menos sido agraciado com um. Mas o que é? São momentos mágicos inesperados, criados pelos Cast Members. Na fila para o Meet and Greet do Tico e Teco, uma Cast Member literalmente sentou no chão e ficou ali por uns 10 minutos brincando com o Miguel, pareciam melhores amigos de infância. Ela distraiu ele todo o tempo em que esperamos na fila. Vivemos outros nos demais parques da Disney que vou relatar de acordo com cada parque.

Magical Moment

Foi uma ida ao parque bem diferente das que estamos acostumados, fizemos tudo no ritmo do Miguel, e sem pretensões de querer ir nessa ou naquela atração, a prioridade era ele ir.

De uma maneira geral, acho que o AK (já havia comentado isso aqui no grupo no ano passado) cresceu muito, acredito que devido a área de Pandora. Se a sua intenção é aproveitar Pandora, comece a planejar para agendar o seu FastPass+, pois não vejo um horizonte muito próximo onde as filas tenham tempo menor!

Por: Erick R.P Silva (Texto e imagens).

Deixe uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

apartamento professor pedreira de freitas letras