Relato de viagem – Alê Paiva

Olá pessoal!

Confiram mais um relato de viagem. Desta vez nossa amiga Alê Paiva, contou em detalhes a sua viagem mágica!

Alê, obrigado por dividir suas experiências conosco 🙂

 

Relato de viagem, por Alê Paiva.

A viagem

Voei de Copa Airlines no vôo que sai as 5:25h da manhã de Guarulhos com conexão no Panamá. O ponto positivo da Copa é que os vôos são muito pontuais, não houve nenhum atraso nem na ida nem na volta. A ida foi bem tranquila, central multimídia individual, comida gostosa. Achei o tempo de conexão da ida um pouco apertado pois o terminal de embarque é um pouco longe do terminal de desembarque e também não gostei da forma como tratam suas coisas passando pelo raio X. Os oficiais foram um pouco ríspidas e vão jogando suas coisas em cima das coisas das outras pessoas. A área de embarque é bem pequena, precisei sentar no chão o que não é uma coisa tão ruim. O Wi-Fi do aeroporto pega muito bem. Meu vôo de volta saia as 08:02 da manhã. No vôo de Orlando para o Panamá a TV era compartilhada mas como o vôo é rápido não senti tanto problema. Meu único problema foi com uma senhora que pegou meu lugar, mas foi logo resolvido. Na volta o embarque e desembarque são um pouco mais próximos então deu até pra fazer uma comprinha de ultima hora no free shop 🙂

Não aconselho pegar estes vôos, pois você acaba perdendo dois dias de férias. Na minha próxima viagem com certeza tentarei pegar um vôo noturno na ida e um pouco mais tarde na volta, mas de resto recomendo a Copa.

Aeroporto de Orlando

Quando cheguei ao aeroporto de Orlando estava chovendo. Havia uma fila grande na imigração, mas foi tudo bem tranquilo. A oficial me perguntou quanto tempo ficaria o propósito da minha viagem e se eu já havia estado nos Estados Unidos. Ficou espantada por eu ter demorado 18 anos para voltar (aparentemente isso foi até bom) e me liberou rapidinho.

O aeroporto é lindo, quando você chega a vontade já é de sair gastando rs. Tem uma loja grande da Disney e uma da Universal. Infelizmente tive um problema com o chip que comprei no Brasil, o que tirou um pouco da graça porque fiquei mais preocupada em fazer o chip funcionar do que realmente olhar as lojas, mesmo porque já estava atrasada para pegar o carro. O problema do chip foi prontamente resolvido, mas acabei não explorando muito o aeroporto. Eu li em algum lugar que o wi-fi do aeroporto era pago, mas não é não.

Dica: para quem não quer comprar o chip daqui do Brasil e é como eu que não consegue ir da sala pra cozinha sem um GPS ligado, tem uma loja de eletrônicos grande no aeroporto que vende chip por $30,00. Eu não peguei os detalhes já que já havia comprado o chip no Brasil, mas acho que deve ser uma boa opção.

Carro

Aluguei o carro pela happytours.com (Alamo). Chegando ao balcão o vendedor tentou me vender um upgrade do carro por $10,00 a mais a diária, mas como estava sozinha e só com uma mala de mão ele não insistiu muito não. A única coisa que paguei a mais foi o tanque de gasolina para poder devolver o tanque vazio.

Valeu muito a pena.

Peguei um carro econômico, um Versa hatch da Nissan. Carro muito limpo e bem conservado foi perfeito pra mim.

O maior medo que tinha era que não possuo um carro automático então fiquei com muito medo de não conseguir dirigir, mas, pra minha surpresa, foi muito fácil. Havia lido alguém dizer em algum lugar que em dois dias você se acostuma, mas graças a Deus eu não demorei tudo isso não, foi na hora mesmo. Pra vocês terem uma ideia eu só me confundi com o pé esquerdo no dia em que me perdi para ir para a Disney, mas isso porque fiquei bem nervosa e frustrada e foi uma vez só. Portanto, quem tiver algum receio do carro automático, vá sem medo, é muito fácil. 

Olha ele aí:

Carro alugado pela Alê Paiva

Carro alugado pela Alê Paiva

Hotel

Depois de muita pesquisa, optei pelo Clarion Inn Lake Buena Vista. Ele é muito perto de tudo mas não fica na agitação da International Drive.

Clarion Inn Lake Buena Vista2

Clarion Inn Lake Buena Vista

Clarion Inn Lake Buena Vista3

Clarion Inn Lake Buena Vista

 

 

 

 

 

 

 

Não é um hotel de luxo mas eu simplesmente amei! Ele possui muitas facilidades como a lavanderia do 3o. andar e a lojinha de conveniências no térreo.

Clarion Inn Lake Buena Vista1

Clarion Inn Lake Buena Vista

Clarion Inn Lake Buena Vista

Clarion Inn Lake Buena Vista

 

 

 

 

 

 

 

Na lojinha vende de tudo, desde camisetas e pelúcias até comida congelada e lanches naturais. Foi uma mão na roda para os dias que chegava exausta dos parques e queria só fazer um lanche rápido.

Existem dois tipos de café da manhã. O continental (completo) e o buffet. Apesar de estar do lado do IHOP eu confesso que ficava com um pouco de preguiça de sair de manhã então fiz quase todos meus cafés da manhã por lá. No meu pacote não fechei café então pagava $10,91 pelo continental. Para mim ele era bem completo, frutas, panquecas, vários molhinhos e creminhos, ovos, etc. Além do waffle com a carinha do Mickey que você mesmo prepara, uma delicia.

O buffet por outro lado é bem fraquinho, acho que só da direito a cerais e café se não me engano então não vale a pena.

Peguei um quarto no 5o. andar virado para a rodovia. Para muitas pessoas este quarto é um pouco barulhento mas como eu tenho sono pesado e só chegava no hotel praticamente para dormir isso não me atrapalhou em nada.

Clarion Inn Lake Buena Vista5

Clarion Inn Lake Buena Vista

Os quartos são grandes e confortáveis. Eles possuem frigobar, microondas e cafeteira. O café e chá são cortesia.

Pontos negativos:

Não gostei muito da limpeza diária. Apesar de deixar $2,00 de tip por dia o quarto não era muito bem limpo. Um dia deixei cair um pouco de chocolate na colcha e eles não trocaram. Sempre tinha cabelo na banheira também, mas nada de tão absurdo.

O quarto é beemmmm escuro, mesmo acendendo todas as luzes.

Quarto do Clarion Inn Lake Buena Vista 2

Quarto do Clarion Inn Lake Buena Vista

Quarto do Clarion Inn Lake Buena Vista

Quarto do Clarion Inn Lake Buena Vista

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Segurança

Todos os quartos possuem essas duas travas aí embaixo:

Quarto do Clarion Inn Lake Buena Vista 2

Quarto do Clarion Inn Lake Buena Vista

Quarto do Clarion Inn Lake Buena Vista

Quarto do Clarion Inn Lake Buena Vista

  

 

 

 

 

 

 

 

Na entrada tem uma guarita e os  carros só entram se tiverem um papel no no carro.

Fora isso tem essa cortina laranja super grossa, ninguém vê nada do lado de fora.

Quarto do Clarion Inn Lake Buena Vista 3

Quarto do Clarion Inn Lake Buena Vista

A dica aqui é deixar esta cortina sempre fechada. Passei por vários quartos onde os hospedes além de deixar a cortina toda aberta também deixavam a porta aberta com todas as compras espalhadas, daí não dá né? Todo mundo vê.

O quarto também possui um cofre digital. Eu não usei, levava tudo comigo então não tenho muito que dizer sobre ele.

Quarto do Clarion Inn Lake Buena Vista 4

Quarto do Clarion Inn Lake Buena Vista

 Para os fumantes

O hotel é smoke free porém é possível fumar em todas as áreas comuns, fora a piscina. Se quiser fumar no corredor também pode contanto que a porta do quarto esteja totalmente fechada (sujeito a multa). Mas levem cigarros porque um maço lá no hotel custa $12,00 🙁

Compras

Agora vem a polêmica rs. Eu odiei os mercados Walmart e Target. Acho que é pelo fato de eu já odiar mercados aqui no Brasil, não sei.

O primeiro que fui, no dia que cheguei foi o Walmart 24h. Como levei somente a roupa do corpo tive que comprar tudo novo mas não tive a mínima paciência. O mercado estava muito bagunçado, prateleiras vazias, acabei comprando o básico do básico, afinal o dia seguinte era dia de compras pra mim.

Primeira parada: Best Buy! Afinal, Orlando sem câmera fotográfica não dá né?

Eu queria uma câmera do tipo BBB. Não sou muito de tirar fotos e não queria gastar muito com isso. A câmera pra mim tinha que ser a mais automática possível. Eu tinha uma Sony velhinha que demorava séculos pra bater uma foto e de 10, 9 saiam fora de foco então estava fugindo da Sony mas, por indicação do Josef Prado (Link para o site do Josef Prado), procurei na Best Buy o modelo Cyber-shot Digital Câmera TX3 DSCTX30. Não tinha este modelo na Best Buy, mas a vendedora me indicou outra Sony, a DSCWX220:

Câmera

DSCWX220

Ela é bem pequenininha, leve e minhas fotos ficaram super boas, fora que ela tem Wi-fi o que foi uma mão na roda pois quando chegava dos parques transferia todas as fotos para o meu telefone.

Paguei $199,99 na câmera mais $12,99 no cartão de memória de 8GB (não incluso). Aqui no Brasil já vi esse mesmo modelo por R$899,99 então acho que foi um bom negócio, fora que ela virou meu xodozinho rsrs.

Câmera comprada, foi a vez de comprar roupas (eu só levei uma troca de roupas então não podia perder tempo rs).

Próximo ao meu hotel ficavam dois outlets. O Premium Vineland e o Factory Stores (meu preferido).

Premium Vineland (vista do hotel)

Premium Vineland vista do hotel

Premium Vineland (vista do hotel)

Factory Stores

Fui primeiro ao Factory Stores pois lá tem o outlet da GAP. Só lá comprei varias peças por um total de $161,72 (savings $155,04).

Factory Stores

Factory Stores

Outra loja bem bacana é a Tommy Hilfiger. Comprei um perfume Tommy Girl por $30,80 e uma calça por $34,99.

Não se esqueçam de pegar o livrinho de descontos. Como eu recebi o meu da decolar (eu comprei os ingressos por lá) eu não sei exatamente onde comprar o livretinho mas perguntando lá eles informam.

Não tem muita opção de roupas de verão nas lojas porque fui no outono, tem muita roupa de frio com preços muito bons.

Comprei três perfumes na Perfume Smart mas infelizmente não foram as melhores compras que eu fiz pois vi que por exemplo, o Lady Gaga – Fame aqui sai até mais barato. Na próxima vou na Perfumeland que é o que todo mundo indica.

A loja Disney Outlet é uma decepção, pequena e sem quase nenhum produto, nem percam seu tempo rs.

Dica: NÃO reservem somente um dia para compras pois com certeza vocês vão querer voltar em algumas lojas (conselho de uma pessoa que odeia comprar roupas e não é consumista rs).

Minha segunda parada do dia foi no Premium Outlet Vineland. Mas estava muito cansada então acabei não comprando muitas coisas por lá. Na próxima vou explorar mais este Outlet.

Nele comprei um relógio Fossil por $51,11 e um óculos Ralph Lauren por $133,00 (não me perguntem se foi uma boa compra porque não entendo nadinha dessas coisas rs).

Para quem gosta de relógios com brilho, a Fossil tem vários modelos. Para mim foi um pouco frustrante porque eu não gosto então sobravam muito poucas opções. No final acabei comprando outro relógio na Fossil da Universal rs.

No Premium foi o único lugar onde encontrei Marroccanoil. Fiquei um pouco frustrada com isso pois achava que tinha em todo lugar e que era mais barato. Paguei $47,93 num vidro grande.

Como disse, não sou muito consumista e como engordei (um poucão) nos últimos anos, não gosto nem um pouco de comprar roupas, mas o bichinho do consumo pega na gente naquele lugar, não entendo o que acontece então, graças a um planejamento um pouco errado de dias de parques eu acabei indo explorar outros lugares durante a semana.

Fui ao The Loop pois lá tem a Ross Dress for Less e a TJ Maxx. ODIEI as duas lojas rsrs.

Na Ross comprei apenas uma mala pequena que veio rasgada na parte de dentro (não percebi na hora). Mas pelo visto a dica para essa loja é ir cedo e durante a semana. Na próxima vou tentar.

No The Loop tem algumas lojas bem bacanas como a Bed Bath & Beyond que tem de tudo, principalmente coisinhas pra casa. Tem uma livraria muito legal chamada Books a Million. Para quem curte séries de TV esse é o lugar. Tem bonequinho Game of Thrones, livros e revistas do Doctor Who, camisetas, calendários. Vale a pena dar uma passada por lá.

Para quem tem pet, a opção por lá é a Petco. Comprei um vestidinho pra minha cachorrinha muito lindo por $3,00 rs.

Agora a dica para quem, como eu, tem um Iphone 5C. É impossível achar capinhas pra esse celular. Mas no The Loop tem uma lojinha de bijus chamada Claires onde eu comprei capinhas fofas por $10,00:

Capas para telefone

Capas para telefone

A capinha da Minie eu comprei na Disney (antes de saber dessa lojinha), paguei $34,00 (e só tinha essa opção :(.

Por último uma dica é dar uma olhada na JCPenney que tem marcas como Levis e Sephora.

Minha outra tentativa em mercados foi no meu dia de Epcot. Como sai do parque cedo resolvi dar uma olhadinha na Super Target.

Gostei mais do que do Walmart mas mesmo assim não me empolguei muito não rs. Valeu para comprar meu HD Externo de 3TB por 119,99. Comprei também algumas roupinhas para os meus sobrinhos e meu shampoo e condicionador Aussie (esse sim vale a pena, 1 lt. por $5,00 cada, talvez o meu maior arrependimento, não ter comprado mais rs).

Parques da Disney

Apesar do objetivo da viagem (inicialmente) ter sido os parques, por um pequeno problema de ansiedade (por estar sozinha) que descobri só lá, não fui a quase nenhum brinquedo (quando for acompanhada vou a vários com certeza). Mas vocês acham que isso estragou a viagem? De jeito nenhum. Os parques são muito lindos, coloridos, musicais, maravilhosos.

Fotos

Optei meio que de ultima hora em fechar o pacote de fotos da Disney – o Memory Maker.

Você pode comprar com antecedência no site da Disney por $149,90 mas ele só vale a partir do 3o dia de compra ou comprar no dia por $199,00 no parque mesmo. Comprei o meu no Town Square Theater que fica logo na entrada do parque (é lá que você pode tirar fotos com o Mickey e a Sininho 😉 ).

Memory Maker

Memory Maker

 Tem fotógrafos espalhados por toda a Disney, em todos os encontros com personagens e em pontos específicos como na frente do castelo. Vale muito a pena!

 Magic Kingdom (meu parque preferido)

 Meu primeiro dia de parques infelizmente não começou muito bem. Além de estar chovendo bastante, graças ao Wase #hatewase, acabei demorando uma hora para conseguir chegar ao Magic Kingdom.

Alê chegando no complexo Disney

Alê chegando no complexo Disney

 Mas o lugar é mágico, não tem jeito. Foi entrar no parque para o sol aparecer, como por encanto mesmo.

Todo nervoso e medo foi embora assim que bati o olho no castelo. Não entendo quem não gosta, de verdade. É de chorar.

Nessa hora ainda estava um pouco nublado mas depois abriu um solzão 🙂 .

Alê no MK

Alê no MK

Uma dica muito importante que tem em todos sites e blogs mas nunca é demais: MARQUE onde você estacionou o carro. Os estacionamentos do Magic Kingdom são imensos. Eles são divididos em Heroes e Vilans e se você não se lembrar em que personagem parou depois de um dia inteiro andando vai ter um problemão.

Placas de estacionamento

Placas de estacionamento

O Magic Kingdom foi o parque mais especial para mim, primeiro pelo sonho de infância, e depois porque é o parque quem tem mais coisas para ver sem necessariamente ter que ir nos brinquedos.

Eu tinha uma programação de assistir todas as paradas e shows e graças a Deus consegui tudo. Tem muita gente que vai para lá sem nem saber que as paradas e shows existem então acabam perdendo bastante da magia do lugar.

Na entrada de todos os parques, procure pelos stands onde tem o guia do parque e times guide (o guia tem em Português, o times guide eu não sei).

Guide Map do MK

Guide Map do MK

Eles são uma mão na roda para se organizar porque o parque é grande pra caramba. Apesar de ter Wi-Fi, eu acabava nem usando muito o My Disney Experience no Magic Kingdom, me guiava pelo mapa mesmo.

Paradas

Move It! Shake It! Celebrate It! Street Party

Move It!

Move It! Shake It! Celebrate It! Street Party

Esta parada acontece em 3 horários (11:00, 12:30 e 17:40) ela é bem pequenininha mas vale como aquecimento para o que vem pela frente 🙂

Festival of Fantasy Parade

Esta parada acontece as 15:00 e é muito bonita.

No meu primeiro dia como o tempo ainda estava um pouco instável ela foi substituída pela Rainy Day Cavalcade:

Festival of Fantasy Parade

Rainy Day Cavalcade

Mas no dia seguinte teve parada normalmente e é emocionante:

Festival of Fantasy Parade

Festival of Fantasy Parade

 

Main Street Electrical Parade

Esta parada acontece antes do show Wishes as 20:00h. Ela é muito linda também, pena que não consegui fotos muito boas porque não pode usar flash.

Main Street Electrical Parade

Main Street Electrical Parade

Shows

Dream Along with Mickey

Dream Along with Mickey

Dream Along with Mickey

 Nesse eu chorei igual criancinha. Basicamente é um teatrinho que acontece na frente do castelo em vários horários durante o dia (10:35, 11:40, 13:10, 14:05, 16:15, 17:15). Eu devo ter assistido umas 3 vezes pedacinhos dele e 1 vez ele inteiro (cheguei no parque e já corri para pegar um lugar legal para a apresentação das 10:35).

Wishes

Não me perguntem porque, talvez a emoção misturada com o cansaço, mas eu não tirei nenhuma foto do Wishes (fica pra próxima). O Wishes é um festival de luzes e fogos que acontece no castelo as 21:00. É muito lindo mas (minha opinião pessoal) gostei mais do Fantasmic do Hollywood Studios (não me odeiem rs).

Vejam os time guides porque tem dias que os horários são um pouco diferentes.

Fora isso o parque tem muito a oferecer, para todas as idades!!! Eu fui ao Mickey Philarmagic que é um filminho 3D muito fofo com o Pato Donald (acreditem, foi lá que descobri minha crise de ansiedade rs) mas para quem gosta de um brinquedinho leve, pode ir que vai se divertir.

O Carrousel of Progress é bem chatinho, mas bem chatinho mesmo. Vale para um fim de tarde quando você não aguenta mais seus pés e quer esperar o show noturno 😉

Alê e o dono da casa

Alê e o dono da casa

Fui também na montanha russa dos Sete Anões. Ela é fraca comparada com uma Space Mountain da vida, mas não se iludam, ela é rápida e cheia de subidas e descidas rs… Como estava sozinha me colocaram no carrinho da frente rs. É divertido.

 O teatrinho da Bela (Enchanted Tales with Belle) é bonitinho mas não chega a empolgar.

Hollywood Studios

O Hollywood Studios é um parque menor que o Magic Kingdom mas muito encantador. O ponto altíssimo do parque para mim é o show Fantasmic que acontece a noite.

DHS

Hollywood Studios

Como no Magic Kingdom, na entrada pegue seu mapa e times guide, eles são bem úteis.

A regra do estacionamento também vale. O estaciomento também é bem grande e dividido em vários setores voltados ao mundo do entretenimento como Films, Television, etc.

eSTACIONAMENTO DO dhs

Marcação do estacionamento no DHS

Este parque foi especial para mim pois sou fanática por séries de TV e muitas das minhas séries favoritas são da ABC então amei conhecer o restaurante ABC Commisary e a lojinha The Writers Shop onde comprei meus livros Once Upon a Time e Castle 🙂

Once Upon a Time

Once Upon a Time

Mas não é só isso que tem lá não rs… o parque tem várias atrações e encontros com personagens. Como já disse tive um pequeno problema de pânico então acabei não indo a quase nenhum brinquedo, mas o parque tem brinquedos muito bons como a montanha russa do Aerosmith. Uma atração que muita gente não gosta muito, mas eu achei muito legal foi a Indiana Jones – Epic Stunt Spetacular que mostra um pouco de como são feitas as cenas perigosas dos filmes do Indiana Jones. O Great Movie Ride é fraquinho, mas pra quem gosta de cinema é um brinquedo bem leve.

Stars Tours

Star Tours

Mas, independente de qualquer coisa: FIQUEM ATÉ O FINAL porque, no final tem FANTAAASSSSIMMMIIICCCCC.

Eu simplesmente amei esse show. Não consegui tirar fotos boas, mas acreditem, vale muito a pena.

Fantasmic

Fantasmic

Epcot Center (não gostei muito)

O Epcot Center foi o parque que eu menos gostei, não que não seja bonito, é muito bonito sim, mas não deu nenhum click especial. Acabei fazendo ele em algumas horas e não fiquei para o show noturno (Illuminations) que dizem é até mais bonito que o do Magic Kingdom.

Epcot

Epcot

Aqui de novo vale a regra do estacionamento e tem também o mapa em português.

No parque eu fui em 3 brinquedos (recorde rsrsrs). Logo na entrada tem o Spaceship Earth que é dentro da bola gigante.

É bonitinho, mas não chega a empolgar, conta a evolução tecnológica (melhor que o Caroussel of Progress do Magic Kingdom que é meio chatinho).

A atração que eu adorei e recomendo é a Turtle Talk que fica próximo ao brinquedo do Nemo.

Infelizmente para esta atração tem que falar inglês, principalmente as crianças, pois tem interação com a tartaruguinha que é muito engraçada, então se você não fala, pode ser uma perda de tempo.

Turtle Talk

Turtle Talk

Fui também ao Journey Into Imagination que é um brinquedinho bem bobo, mas pela minha crise de ansiedade acabou se tornando meio claustrofóbico. Não recomendo muito não rs.

Fora isso existe os pavilhões dos países, é um lugar enorme onde conhecemos um pouco de países como Inglaterra, Itália, Japão e Alemanha.

Eu achava que ia comer muitooo por lá, mas a comida nos EUA é muito pesada então como havia almoçado acabei não provando comida de nenhum país rs.

Epcot - Área da França

Epcot – Área da França

Visualmente é muito bonito mas confesso que não estava muito no clima.

Agora o que algumas pessoas não sabem é que, em frente ao pavilhão dos Estados Unidos, vira e mexe tem um show de alguma banda. Pelo que olhei na programação agora em outubro eram mais bandas da época de 80. No dia que eu fui ia ter show do Starship mas eu acabei não esperando porque queria fazer outras coisas na parte da tarde. Quem tiver interesse tem a programação no My Disney Experience.

Parques da Universal

Fotos

Acabei comprando o Photo Connect que é o sistema de fotos profissionais dos parques da Universal. Paguei $70,00 mas, sinceramente, me arrependi muito!

Diferente dos parques da Disney, você não vê fotógrafos da Universal circulando com muita frequência. As fotos com personagens normalmente são tiradas pelos funcionários do próprio parque com a sua máquina mesmo.

Universal

Photo Connect

 Só para vocês terem uma ideia, enquanto na Disney (Magic Kingdom, Hollywood Studios e Epcot) eu tirei mais de 80 fotos (considerando que odeio ser fotografada rs) na Universal (Universal e Island) tirei somente 13 (com o Photo Connect).

No dia seguinte fui ao local onde comprei o pacote de fotos para entender um pouco melhor o esquema. O funcionário que me atendeu foi muito simpático, dando inclusive a dica de quando os fotógrafos ficam na área do Harry Potter (nem na ida nem na volta vi nenhum).

Ele me explicou então que na nota fiscal de compra estão todos os lugares onde tem fotógrafos (brinquedos ou não).

Os locais que não estão marcados são aquelas fotos das “rides” que eles tiram de você nos brinquedos, o restante são fotógrafos espalhados pelo parque. Infelizmente eles não ficam o dia todo então para tirar uma foto legal com o castelo do Harry Potter por exemplo eu teria que voltar no local (na ponte entre o Jurassic Park e a área do Harry Potter) na parte da tarde somente. Dica: ele me disse que ao entardecer, tirar uma foto neste ponto fica a coisa mais linda.

Mas, enfim, fiquei bem decepcionada pois estava sozinha e não vi tanta vantagem nesse photo connect.

Universal Studios (segundo favorito)

Entrada do Universal Studios

Entrada do Universal Studios

 O complexo da Universal possui dois parques. O Universal Studios e o Island of Adventures.

 Na frente deles fica o City walk que é lindo, cheio de lojas e lugares para comer, é onde (dizem) fica o maior Hard Rock Café do mundo.

Hard Rock Cafe

Hard Rock Cafe

Nesses parques, lógico, também vale a regra do estacionamento, a diferença é que na Universal o estacionamento é vertical, tem alguns andares e é coberto. No aplicativo da Universal para celular inclusive tem uma opção bem bacana onde você tira a foto da área onde você está e seleciona o nome, andar e fila onde o carro ficou estacionado. Bem legal.

Sugiro que seja comprado o ingresso 2 days park to park para não perder a oportunidade de ir e voltar no trem de Hogwarts da área do Harry Potter.

Ah, o aplicativo da Universal também funciona como um GPS para as atrações do parque. Você seleciona a atração, ele identifica onde você está e te guia até chegar nela. Legal, né?

Minha intenção na minha ida nestes parques era principalmente conhecer toda a área do Harry Potter e por mim só por essa área o ingresso já valeria a pena.

Os detalhes são impressionantes e o passeio no trem de Hogwarts que liga a Universal ao Island é um show a parte.

Área do Harry Potter na Universal:

Área do Harry Potter na Universal

Área do Harry Potter na Universal

Área do Harry Potter na Universal3

Área do Harry Potter na Universal

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De tempos em tempos este dragão solta fogo. Eu não vi se tem algum sinal especifico antes dele soltar então o jeito foi ficar mesmo um tempinho mirando a câmera para ele (muita gente faz isso). Na próxima espero tirar uma foto de frente 🙂 .

Eu acabei decidindo dessa vez não encarar o Escape from Gringots (na próxima vou mesmo com medo), mas eu pedi aos seguranças que ficam na porta se eu podia entrar só para ver sem ir ao brinquedo e eles disseram que sim, sem problemas. E olha, lá dentro é tão legal que a gente nem precisa mesmo ir ao brinquedo rs.

Eu não podia deixar de experimentar a famosa cerveja amanteigada (Butterbeer). O preço é um pouco salgado ($12,00), mas a bebida em si é muito doce e achei um pouco enjoativa. Mas a intenção mesmo era comprar essa caneca fofíssima da foto:

Butterbeer

Butterbeer

Depois de uma geral na área da Universal, foi a vez de pegar o trem para Hogwarts, ou melhor para o Island of Adventures.

O trem você pega na estação King’s Cross.

estação King's Cross

King’s Cross

Não vou contar nadinha para não estragar, só posso dizer, se você é fã de Harry Potter, vá! Obrigatório!

Não se esqueçam que, para poder cruzar entre um parque e outro é preciso do ingresso 2 day park -to – park, ok?

Islands of Adventures

O símbolo do parque é este farol aí embaixo, como eu cruzei da Universal para o Island “por dentro” acabei não conseguindo uma boa foto de perto.

IOA

IOA

Chegando ao Island você desembarca em Hogsmeade, onde fica o castelo de Hogwarts.

Dentro do castelo fica o outro simulador “Harry Potter and the Forbiden Journey”. Aí também o mesmo esquema, se você é como eu e amarela na ultima hora você mesmo assim pode fazer todo o tour por dentro do castelo, quando chega perto do brinquedo em si, tem uma funcionária do Island, é só falar que não vai no “ride” e ela te deixa sair.

Hogwarts

Hogwarts

O castelo é bem fofo por dentro, acho que vale a pena conferir, apesar da fila imensa.

Acho que os pontos altos deste parque são as montanhas russas como a do Hulk e o simulador do Homem Aranha que (dizem) ser muito legal.

Hulk

Hulk

Além disso, tem o brinquedo do Jurassic Park com uma queda d’água um pouco grande. Eu não fui porque não queria me molhar e já tinha ido nesse brinquedo na Universal de Los Angeles (eu sei faz séculos, mas acaba desanimando um pouco rs).

Depois de uma boa volta pelo parque e muitas fotos (ele é bem colorido rs). Voltei para a Universal também pelo trem de Hogwarts (façam a ida e a volta pois são passeios diferentes).

Pra pegar o trem, vá a estação Hogsmeade.

Aí aconteceu uma coisa um pouco chata. Ao contrario da Disney que te troca seu voucher por um cartão magnético, na Universal eles passam um leitor de código de barras no voucher que você imprimiu mesmo.

Eu imprimi uma cópia só e carreguei o tempo todo dentro de um saquinho plástico para não estragar, mas, mesmo assim o danado falhou. Na ida do Island para a Universal a leitora não reconhecia o código. A funcionária passou umas três vezes até funcionar. (No dia seguinte foi pior porque não passou de jeito nenhum na entrada da Universal, teve que chamar um funcionário para verificar a autenticidade do voucher, vergonha. Acabei nem fazendo o passeio do trem de novo com medo de não conseguir embarcar). Então acho que a dica aqui é imprimir mais de uma cópia para não ter problema.

Passando probleminha voltei a Universal.

Lá existem brinquedos bem bacanas (pelo que me disseram kkk) como o Revenge of the Mummy os Simpsons e os Transformers (na próxima eu conto como foi rs).

Alê e a família Simpson

Alê e a família Simpson

Mas pra mim, surpresa mesmo foi encontrar esse carrinho maravilhoso aí de baixo:

Back to the future

Back to the future

De volta para o futuro é de longe um dos meus filmes (trilogia) favoritos. Antigamente existia o brinquedo “De volta para o futuro” mas eles substituiram por outro mais atual, porém o Delorean ficou lá em exposição junto com a Maria Fumaça do terceiro filme. Adorei!

Outro brinquedo bem antigo mas que ainda existe é o do ET. Esse eu não fui por já ter ido em Los Angeles mas ele é bem fofinho.

E.T

E.T.

Na verdade eu não via a hora mesmo era de comprar o meu ET:

E.T. de pelúcia

E.T. de pelúcia

Me chamem de maluca mas eu acho que de tudo que eu trouxe esse monstrinho é a minha compra mais valiosa rsrs.

É isso aí gente, queria deixar registrado um pouquinho do que foi essa minha primeira viagem à terra da magia.

Diquinhas finais

Levem sempre uma capa de chuva ou sombrinha com vocês. Pode acontecer de chover de repente mesmo com o tempo bem aberto. Quando eu estava no Hollywood Studios do nada caiu uma chuva super forte, parecia até coisa de desenho animado, caiu do nada e parou do nada mas deu pra molhar um pouquinho.

Protetor solar SEMPRE. O sol lá é forte demais, no primeiro dia não usei protetor e acabei com uma marca nada simpática de camiseta. Eu estava de calça capri e até o tornozelo eu acabei queimando rsrsrs.

Não programem todas as suas compras para o inicio da viagem. Eu fiz isso baseada em alguns blogs de viagens que estava acompanhando mas não vale a pena. Mesmo porque você só tem noção do quanto vai gastar depois de fazer um ou dois dias de parques então se você for encanado com grana como eu pode acabar perdendo boas oportunidades com medo da grana acabar.

Em média eu gastava sozinha $70,00 por dia contato café da manhã, almoço, um ou outro refrigerante ou picolé e estacionamentos.

A máxima de não expor suas compras e trancar tudo nas malas é válida mesmo para os hotéis mais tranquilos. Eu sempre jogava minhas caixas, sacolas e etiquetas nos lixos do térreo, nunca deixava no quarto.

Nos outlets também nunca deixei nada no porta-malas mas tudo parecia muito seguro. 

Super Agradecimentos

Erick Silva e toda turma do Tudo sobre Orlando, FL. “Eu em Orlando”: por todas as dicas super valiosas antes e durante a viagem (se vocês não tivessem dito para eu procurar o caminho do Magic Kingdom pela I4 talvez eu estivesse procurando até agora kkk).

Fourtrade Corretora: comprei todos meus dólares por eles, sempre atenciosos e pontuais. Taxas justíssimas, já virou minha corretora para todas as viagens com certeza.

Que relato sensacional esse da Alê Paiva, não acharam?!?

Se quiser colaborar com a gente, envie seu relato e suas experiências para o nosso email: euemorlando@gmail.com

 

 

Comments

Deixe uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

apartamento professor pedreira de freitas letras