Bagagem: O guia definitivo!

Bagagem: O guia definitivo!

É pessoal, entra post sai post e a duvida persiste: Bagagem. Neste post, vamos tentar esclarecer todas as duvidas sobre esse tema.

Devido as regras aleatórias das empresas aéreas, vamos nos basear pelas informações da ANAC e Infraero, quanto aos voos internacionais.

1-Mala_Cheia_01

Bagagem de mão

A bagagem de mão pode ser uma bolsa, mala ou mochila, onde o passageiro possa acomodar seus itens pessoais e de valor como: dinheiro, eletrônicos e itens de alto valor (jóias, relógios, etc).  Toda bagagem de mão deverá ser acomodada nos bagageiros acima das poltronas, ou, sob os assentos.

Para voos internacionais, você dependerá das regras atribuídas por cada empresa aérea, consulte na sua empresa aérea se o sistema utilizado é de peso ou peça.  No sistema de peça, a soma das medidas da bagagem, não pode exceder 115 cm. Em geral, o sistema mais utilizado é por peso, e a bagagem de mão não pode ultrapassar 115 cm, com peso máximo de 5 kg por passageiro.

1-Bagagem-de-mão-peso

Modelo com dimensões e peso para bagagem de mão.

– É permitido levar como bagagem de mão:

– Um casaco, sobretudo, manta ou cobertor;

– Um guarda-chuva ou bengala (não pontiagudos);

– Máquina fotográfica, laptop ou binóculos;

– Material de leitura para viagem;

– Alimentação infantil para consumo durante a viagem;

– Muletas ou aparelhos ortopédicos utilizados pelo passageiro.

– Instrumentos musicais (desde que os mesmos possam passar pelos equipamentos de Raio – X nos postos de segurança);

– Um carrinho de bebê dobrável, uma cesta ou um bebê conforto.

1-modelo bagagem de mão

Muitas empresas aéreas utilizam esse modelo para “validar” sua bagagem de mão.

Com base no manual do passageiro da ANAC, você NÃO poderá levar em sua bagagem de mão em voos internacionais:

– Restrições para o transporte de líquidos:

Todos os líquidos, inclusive gel, pasta, creme, aerossol e similares, devem ser conduzidos em frascos com capacidade de até 100 ml e colocados em embalagem plástica transparente, vedada, com capacidade máxima de 1 litro, não excedendo as dimensões de 20 x 20 cm;

Líquidos em frascos acima de 100 ml não podem ser transportados, mesmo se o frasco estiver parcialmente cheio;

Os frascos devem ser adequadamente acondicionados (com folga) dentro da embalagem plástica transparente, completamente vedada;

A embalagem plástica deve ser apresentada na inspeção de embarque de passageiros, sendo permitida somente uma embalagem plástica por passageiro.

Essas restrições se aplicam também ao passageiro que, apesar de realizar um voo nacional, tenha seu embarque realizado em área destinada a embarque internacional.

Lembre-se: em caso de conexão em outros países, a empresa aérea deverá informar o passageiro sobre a possibilidade de retenção ou não da embalagem.

Dicas importantes:

– Os líquidos adquiridos em free shops ou a bordo de aeronaves podem exceder os limites estipulados, desde que dispostos em embalagens plásticas seladas e com o recibo de compra à mostra (cuja data deve ser a mesma do início do voo), para passageiros que embarcam ou em conexão.

– Medicamentos (com prescrição médica), alimentação de bebês e líquidos de dietas especiais poderão ser transportados na quantidade necessária à utilização do período total de voo (incluídas eventuais escalas) e deverão ser apresentados no momento da inspeção de segurança.

 Bagagem Despachada

A regulamentação brasileira aplica-se aos voos que saem do Brasil. Para os voos que saem de outros países, aplicam-se as normas do local de origem da viagem.

Dependendo do país de destino, a franquia de bagagem pode ser de dois tipos: peça ou peso.

Na franquia por peça, cada passageiro terá direito a transportar duas (2) bagagens, de até 32 kg cada. Para saber as dimensões permitidas para o transporte de sua bagagem e, também, sobre bagagens de crianças de colo, consulte a empresa aérea.

Na franquia por peso, cada passageiro terá direito a transportar bagagens que não excedam, no total:

– 40 kg na primeira classe.

– 30 kg em classe intermediária.

– 20 kg em classe econômica.

– 10 kg para crianças de colo, que não estejam ocupando

Para mais informações sobre bagagens de crianças de colo consulte a empresa aérea.

Em algumas empresas aéreas, é possível comprar “peso extra”, consulte disponibilidade.

Leia sobre a atualização da Anac em: http://www.euemorlando.com.br/urgente-a-partir-de-marco2017-cias-aereas-vao-cobrar-por-bagagens-despachadas/

Dicas importantes:

Para realizar uma viagem internacional, caso o passageiro precise se deslocar antes até outra cidade no Brasil (trecho nacional), deverá observar o seguinte:

– Quando as passagens aéreas, tanto para o voo nacional quanto para o voo internacional forem conjugadas, ou seja, quando houver apenas um contrato de transporte (mesmo se forem de empresas diferentes), o passageiro terá direito à franquia de bagagem do destino internacional;

– Quando as passagens não forem conjugadas, ou seja, quando houver contratos de transporte distintos, o passageiro terá direito à franquia de bagagem nacional no trecho nacional e à franquia de bagagem internacional no trecho internacional.

– No caso de transporte de animais em viagem internacional, consulte a empresa aérea.

Em algumas empresas aéreas  de acordo com o programa de milhagens ou os “vips clubs”, você pode ganhar “pesos extras” em sua bagagem. Vale consultar antes de embarcar, quem sabe você não tem direito?!?

+ Dicas:

Identificar a sua bagagem pode facilitar a visualização na sala de desembarque. Fitas coloridas, tags e etiquetas são opções para diferenciar a sua bagagem.

Nunca despache em sua bagagem objetos de valor, relógios, dinheiro, jóias e qualquer tipo de eletrônico.

Problemas com bagagens

– Extravio de bagagem:

Caso sua bagagem seja extraviada, procure a empresa aérea preferencialmente ainda na sala de desembarque ou em até 15 dias após a data do desembarque e relate o fato em documento fornecido pela empresa ou em qualquer outro comunicado por escrito.

Para fazer sua reclamação, é necessário apresentar o comprovante de despacho da bagagem.

Caso seja localizada pela empresa aérea, a bagagem deverá ser devolvida para o endereço informado pelo passageiro.

A bagagem poderá permanecer na condição de extraviada por, no máximo, 30 dias (voos nacionais) e 21 dias (voos internacionais). Caso não seja localizada e entregue nesse prazo, a empresa deverá indenizar o passageiro.

– Bagagem danificada:

Procure a empresa aérea para relatar o fato logo que constatar o problema, preferencialmente ainda na sala de desembarque.

Esse comunicado por escrito poderá ser registrado na empresa em até 7 dias após a data de desembarque.

– Furto de bagagem:

Procure a empresa aérea e comunique o fato, por escrito. A empresa é responsável pela bagagem desde o momento em que ela é despachada até o seu recebimento pelo passageiro.

Além disso, registre uma ocorrência na Polícia, autoridade competente para averiguar o fato.

Links e telefones úteis:

http://www2.anac.gov.br/biblioteca/nosai/NOSAICT-011.pdf

http://www2.anac.gov.br/dicasanac/pdf/novo/anac_panfleto_bagagem.pdf

http://www.infraero.gov.br/fiquepordentro/#/guia/antes/4

ANAC – central de atendimento 0800 725 4445 (atendimento 24 horas por dia, todos os dias da semana).

Tem mais alguma dica ou informação sobre bagagem pra compartilhar com a gente? Mande um email para: euemorlando@gmail.com ou acesse nosso grupo no facebook: https://www.facebook.com/groups/175385522644267/

 

 

Latest Comments

Deixe uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

apartamento professor pedreira de freitas letras